O preço do combustível desde dezembro de 2017 sobe de forma contínua e gradativa em todo o Brasil. Graças à influência do aumento do dólar e do petróleo, a escalada de preços dos combustíveis se intensificou neste mês e motivou a paralisação dos caminhoneiros desde segunda-feira 21/05. A questão do preço do combustível ganhou grande visibilidade na última semana impulsionado pela greve nacional dos caminhoneiros. A paralisação gerou falta de combustível e causou filas nos postos; hospitais suspenderam procedimentos; ônibus tiveram frota reduzida; e o comércio sofreu com a falta de alimentos. Tais consequências influenciam intensamente não somente no preço…